Pais e Filhos…

Ao olharmos um navio no porto, imaginamos que ele esteja em seu lugar mais seguro, protegido por uma forte âncora. Mal sabemos que ali está em preparação, abastecimento e provisão para se lançar ao mar, destino para o qual foi criado, indo ao encontro das próprias aventuras e riscos.

Quero um pedacinho de tempo…

…Quero um pedacinho de tempo para poder descansar
esse peso do mundo que estou sentindo em meus ombros …

Um tempo onde não me perguntem nada, nem me peçam nada,
apenas me permitam o direito, de dar vazão ao pranto
que venho engolindo com o café-da-manhã de todos os dias ,
enquanto visto a máscara de
“olhem como sou valente e forte” …

A lembrança amarga…

A lembrança amarga não consertará o passado.
A tristeza não lhe trará luz ao pensamento.
O desânimo não tem condições de prestar auxílio.
Respostas da vida
O azedume não pacifica o mundo íntimo.

Terá medo do futuro…

Terá medo do futuro aquele que não compreender que o mundo mudou definitivamente. Diz-se que a única certeza estável é a incrível velocidade com que o mundo muda. E essa mudança trouxe consigo algumas conseqüências fundamentais. Não há mais espaço para os arrogantes, para os que pensam ser mais do que os outros. Não há mais espaço para os que não desejam aprender, achando que sabem tudo num mundo em que o novo nos obriga a aprender todos os dias.

Filho meu!

QUANDO, nas horas de íntimo desgosto, o desalento te invadir a alma e as lágrimas te aflorarem aos olhos, busca-me: eu sou aquele que sabe sufocar-te o pranto e estancar-te as lágrimas;

QUANDO te julgares incompreendido dos que te circundam e vires que, em torno, a indiferença recrudesce, acerca-te de mim: eu sou a luz, sob cujos raios se aclaram a pureza de tuas intenções e a nobreza de teus sentimentos;

Existe um lugar…

Existe um lugar onde podes te recolher para descansar da labuta diária. Um recanto de silêncio e beleza onde te é possível a reflexão oportuna. Uma capela humilde permanece erigida para o concurso de tuas orações e uma lareira acesa persiste para te aquecer a alma enregelada de dor.
É um refúgio que te protegerá da agonia momentânea. Esse lugar que não supões há muito te espera. Nessa morada segura, onde se recolhe, Jesus te aguarda os passos.

Venho exortar a quantos…

Venho exortar a quantos se entregaram na Terra à missão da mediunidade, afirmando-lhes que, ainda em vossa época, esse posto é o… da renúncia, da abnegação, e dos sacrifícios espontâneos.

Faz-se mister que todos os Espíritos, vindos ao planeta com a incumbência de operar nos labores mediúnicos, compreendam a extensão dos seus sagrados deveres para a obtenção do êxito no seu elevado e nobilitante trabalho.

Senhor Jesus…

Senhor Jesus, muito obrigada!
Pelo ar que nos dá,
pelo pão que nos deste,
pela roupa que nos veste,
pela alegria que possuímos,
por tudo de que nos nutrimos.

Novos Tempos…

Novos tempos, ei-los aí chegados.
Forjados no ápice da vaidade e egoísmo humanos, nascidos da lama das guerras fratricidas do século passado, no rastro das revoluções de corações e mentes.
Novos tempos, sim.

Amigos são flores…

Amigos são flores…
São flores plantadas ao longo do nosso caminho para que saibamos encontrar primavera o ano todo.
Quando o outono chega, cheio de beleza e melancolia, os amigos estão presentes nos trazendo alegria.
E, quando o inverno vem frio e escuro, trazendo saudades e noites longas, os amigos nos trazem calor e luz com o brilho da sua presença.

O que dizer sobre alguém tão especial?

O que dizer sobre alguém tão especial?

A que palavras recorrer para retribuir o mais puro do amor de todos os amores ?
Ainda que todas as palavras do mundo, e uma canção não sejam suficientes eu escrevi mãe, inspirada em você eu dei o meu melhor, fiz com o coração.

Eu ainda quase nem existia…

Eu ainda quase nem existia, mas já sabia o que era ser amado.

Sentia-me protegido, tocado, abraçado.

E, a cada dia, todos esses sentimentos pareciam aumentar ainda mais.

Com o tempo eu fui crescendo, crescendo, até chegar o dia de conhecer quem cuidava de mim com tanto carinho.

Mamãe, a primeira palavra que eu aprendi a falar. E, sem dúvida, a mais bonita de todas.

Não conserves lembranças amargas…

Não conserves lembranças amargas.
Viste o sonho desfeito.
Escutaste a resposta de fel.
Suportaste a deserção dos que mais amas.
Fracassaste no empreendimento.
Colheste abandono.
Padeceste desilusão.
Entretanto, recomeçar é benção na Lei de Deus.

O Universo…

O Universo é obra inteligentíssima; obra que transcende a
mais genial inteligência humana; e, como todo efeito
inteligente tem uma causa inteligente, é forçoso inferir que a
do universo é superior a toda inteligência; é a inteligência das
inteligências; a causa das causas; a lei das leis; o princípio dos
princípios; a razão das razões; a consciências das consciências;
é Deus! Deus! Nome mil vezes santo, que Newton jamais
pronunciava sem se descobrir!

Novos tempos…

Novos tempos, ei-los aí chegados.
Forjados no ápice da vaidade e egoísmo humanos, nascidos da lama das guerras fratricidas do século passado, no rastro das revoluções de corações e mentes.
Novos tempos, sim.
Representados nas crianças que nascem sorrindo. Nos seres que vão embora dormindo.
Tempos que oferecem uma nova plantação aos semeadores.

Mãe…

Mãe, perdoa-me dos momentos…
Que para você foram tormentos…
E até choravas por mim…!!!
Mãe, perdoa-me meu crescimento…
Sem muito amadurecimento…
Quando não querias te ouvir!!!

Eu voltarei…

De Cora Coralina, grande poetisa do Estado de Goiás, retiramos a seguinte peça literária:
Eu voltarei.
Meu companheiro de vida será um homem corajoso de trabalho, servidor do próximo, honesto e simples, de pensamentos limpos.
Seremos padeiros e teremos padarias. Muitos filhos à nossa volta.
Cada nascer de um filho será marcado com o plantio de uma árvore simbólica.

O amor…

O amor pode ser como um sol nas trevas de alguém
O amor é dar abrigo se a tempestade vem
E quando tudo escuro for e a vida solidão
O amor vai iluminar o coração