Um homem estava perdido em um deserto…

Um homem estava perdido em um deserto, sem esperanças de lá sair… Mesmo
assim, ele se pôs a caminhar…
O calor era insuportável…
E ele estava ficando cansado…

De repente ele viu dois animais:
Um camelo velho
E um jovem cavalo

E pensou:
– Vou montar em um dos dois… certamente, conseguirei sair daqui…

Ele avaliou os dois animais e chegou conclusão que montaria o cavalo, que,
por ser mais jovem, provavelmente seria mais rápido…
E assim o fez…
Ele montou o cavalo e saiu em disparada…

Há certa distância, ele olhou para trás e pensou:
– Pobre camelo velho… Irá morrer nesse deserto…

Assim, ele olhou para frente com confiança e seguiu cavalgando…

O cavalo era mesmo rápido e corria muito, mas, De certa forma, parecia que
ele nunca chegava a lugar algum…
E pior… Ele parecia estar andando em círculos…

Com o tempo, o homem e o cavalo estavam ficando “esgotados”…
O cavalo que era rápido diminuiu seus passos e o homem ficou sem forças…
Mas um milagre aconteceu…

Frente á eles, há cerca de 500 metros, o homem avistou um oásis.

Embora muito fracos o cavalo e o homem foram em direção ao salvador oásis…
Mas, sem forças, o cavalo tombou e ambos caíram…
Estavam tão cansados que nem o homem nem o cavalo conseguiram se levantar…

E lá ficaram, caídos, vendo á distância, o oásis que salvaria suas vidas…

De repente, eles avistaram chegando o velho camelo, com seu andar vagaroso
passar…
Lento, porém firme…
Desajeitado, porém consistente…
E lá foi o camelo em direção ao oásis…

O homem viu o camelo chegar e beber a água…
Nesse momento ele pensou:
– Como fui tolo… Fiz a escolha errada… por isso, agora morrerei…

Dessa forma, são os homens: perdidos no deserto da ignorância… Que
escolhem pela: aparência, força e facilidade…

O cavalo são as ideias e escravidões mentais que se espalham pelo deserto.
Essas ideias e seus autores carregam “massas” de desesperados “perdidos no
deserto”, para uma queda eminente, antes do objetivo final…

O camelo é sábio.

Nunca depende de: força, beleza ou facilidades para se chegar ao oásis…
Ele está sempre pronto a ajudar os desesperados que estão “perdidos no
deserto”, mas, que não dependem destes para chegar onde precisam…

São os camelos: velhos sábios a percorrer o deserto de ilusões…

Você pode comentar, ou rastrear no seu site.


Escreva comentário

Você necessita registrar-se para comentar.